• Portal Terra

Sua empresa realmente se importa com a gestão de pessoas?

Atualizado: 22 de Out de 2019


A gestão de pessoas assumiu o protagonismo na rotina das organizações neste século XXI. Será que sua empresa está indo no caminho certo?

Dez em cada dez consultores de negócios confirmam: a gestão de pessoas assumiu o protagonismo na rotina das empresas neste século XXI. Sim, os avanços tecnológicos aumentaram - e seguem aumentando, numa velocidade alucinante - a competitividade das organizações que investem e estão atentas à inovação. Mas o grande diferencial tem sido mesmo escolher bem as pessoas certas para as posições certas.

Para muitas empresas isso não é nenhuma novidade. Há tempos Google, Apple, Pixar, para ficar apenas nas mais badaladas, perceberam o grande diferencial de manter equipes capacitadas e altamente motivadas em seus quadros. E cada uma desenvolveu processos próprios - e muito eficazes, diga-se de passagem - para seleção e retenção dos seus talentos. O resultado não podia ser diferente: resultados cada vez melhores.

Hoje, felizmente, boa parte dos empresários já percebe a importância de investir na gestão de pessoas. Administrar uma equipe satisfeita, feliz e motivada diferencia qualquer empresa de suas concorrentes. E isso é cada vez mais indispensável para o sucesso empresarial.

Será que minha empresa está indo no caminho certo?

Gerir pessoas é uma tarefa longe de ser fácil. Aliás, este é um dos principais desafios dos executivos. E as características de uma boa gestão varia de acordo com o perfil e a necessidade de cada organização.

Algumas empresas investem em profissionais mais experientes, equilibrados. Em outras, o foco é todo nos jovens impetuosos e cheios de brilho nos olhos. O ideal, teoricamente, é ter os dois tipos de colaboradores na sua empresa. E saber que, para cada um, você deverá ter uma abordagem diferente.

O bom gestor treina com eficiência os novos colaboradores e recompensa sua equipe de forma justa, sabendo motivá-la para alcançar as metas necessárias. Essa arte requer uma alta capacidade psicológica de saber entender, respeitar e trabalhar com as diferenças, transformando a diversidade em um grande diferencial.

Acima de tudo, o bom gestor escolhe pessoas com potencial de serem melhores do que ele próprio.

Os especialistas são unânimes em escolher as pessoas como o principal ativo de uma empresa.

Mas como fazer, na prática, esse processo de motivação e gestão de pessoas?

Um bom caminho é recorrer a ferramentas que já existem no mercado e possuem um custo-benefício bem interessante para as empresas, de todos os portes. São as chamadas redes sociais corporativas.

Na verdade tratam-se de ferramentas que automatizam processos de RH da empresa, auxiliando os gestores na motivação e controle da sua equipe. Além disso, essas plataformas são uma excelente forma de aproximar os times e de manter os gestores e colaboradores informados sobre tudo o que acontece na empresa, fazendo a comunicação interna fluir de forma mais natural.

Isso sem falar na facilidade com que os feedbacks podem ser dados e recebidos, potencializando as atitudes positivas em prol do sucesso da empresa.


VAMOS CONVERSAR

Av. Angélica, 2100, 12º andar, São Paulo, SP 01228-903, Brasil

dbs@dbspartner.com.br   |  Phone: + 5511 3159 0888

© DBS Partner. All rights reserved.