• Administradores

As mídias sociais impactam ou não no processo de contratação?

Atualizado: 22 de Out de 2019


As mídias sociais estão cada vez mais presentes na nossa vida. Utilizamos para nos expressar, se comunicar com algum parente distante, fazer pesquisas relacionadas com qualquer assunto do nosso cotidiano e entre outras várias utilidades, mas esquecemos que a mídia social é uma ferramenta que o recrutador pode utilizar no momento de realizar uma avaliação de perfil em um processo seletivo. Sendo assim, vamos dar algumas dicas para você sair na frente dos outros candidatos e se destacar no quesito mídias sociais. Vamos lá?

Com a chegada da tecnologia, muitos recrutadores estão recorrendo as mídias sociais em busca de capital humano para contratação. O uso das mídias sociais para o recrutador, se deve, por alguns fatores: a comunicação ampla com o público, a oportunidade do empregador conhecer um pouco mais sobre as características, comportamento e perfil do candidato.

A utilização das mídias sociais é uma das ferramentas de recrutamento e seleção, mas não é a principal. Esse método deve ser um dos processos de contratação que faz com que o recrutador tenha um complemento na hora da tomada de decisão. O processo de verificação das mídias sociais é um elemento que pode ajudar muito no processo de triagem, após o processo de triagem o recrutador embasado de informações realiza entrevistas, testes e entre outros, até chegar no final do processo que é a contratação.

Se você está participando ou irá participar de algum processo seletivo para aquela tão sonhada vaga de emprego, vou dar algumas dicas que podem te ajudar a ser visto com bons olhos e sair na frente dos outros candidatos. Vamos com tudo!

1. Invista em Marketing Pessoal, como diz o ditado “quem não é visto não é lembrado”. Mostre o seu diferencial, quais são as suas qualidades profissionais e competências.

2. Construa uma rede de amigos virtuais positiva. Insira na sua mídia social pessoas que tem a mesma visão de futuro, que tenha os objetivos profissionais parecidos com o seu, que vão compartilhar conhecimentos e vivencias, te dando outra visão e fazendo que você se desenvolva cada vez mais.

3. Cuidado com declarações e envolvimento radicais em polêmicas em redes sociais! Isso faz com que o recrutador tenha uma percepção que você pode ter ideias cristalizadas e inflexibilidade, podendo te prejudicar na sua vida profissional.

4. Evite expor a sua vida privada, nem tudo que você faz na sua vida real tem necessidade de ser transportada para a rede social. Temos que ter um senso de maturidade e analisar em que até ponto uma foto ou algum comentário pode te prejudicar na concorrência de uma vaga de emprego.

5. A foto de perfil é a primeira foto que o recrutador irá ver ao clicar na sua página. Tome cuidado! A primeira impressão é a que fica.

A mídia social tem um impacto muito grande no processo de recrutamento e seleção. Espero que as dicas tenham sido de grande valia. O processo de contratação é minucioso, pois é nessas etapas que o recrutador não pode falhar na hora de escolher a pessoa para ocupar o cargo. Caso isso aconteça, o recrutador terá retrabalho em realizar as etapas, gerando perda de tempo e perda financeira. Saia na frente e seja você a contratação certeira. Boa sorte!

#redessociais #mídiassociais #recrutamentoeseleção #marketingpessoal

VAMOS CONVERSAR

Av. Angélica, 2100, 12º andar, São Paulo, SP 01228-903, Brasil

dbs@dbspartner.com.br   |  Phone: + 5511 3159 0888

© DBS Partner. All rights reserved.