• DBS Partner

Benefícios do Big data no RH

A produção de dados cresce exponencialmente no mundo todo. Ainda que você não seja um especialista, é possível ter uma noção disso considerando o seu próprio acesso à internet. Ao mesmo tempo, as empresas buscam alternativas para utilizar corretamente essas informações, por exemplo, ao adotar o big data no RH.

Entre os vários setores de uma organização, o RH é um dos exemplos no qual a tecnologia é pouca explorada para aproveitar todas as oportunidades possíveis para a melhoria do serviço.


Conceito de big data e aplicação

Com a produção de dados crescendo a cada segundo, as organizações precisam encontrar alternativas para aproveitar o máximo possível desse acúmulo desenfreado de informação – a cada novo acesso, uma pessoa pode produzir milhares de dados.

Porém, para que o big data no RH seja efetivo, é importante que haja um trabalho direcionado para a extração de dados úteis. Não adianta armazenar informações aleatórias apenas para aumentar números, é preciso uma estratégia correta para que o usuário colabore oferecendo dados valiosos.

Em outras palavras, a importância do big data no RH não se dá pela quantidade de informações armazenadas. Mas sim pela maneira como a empresa aproveita tal conhecimento.

Benefícios do big data no RH

1. Retenção de talentos

Uma análise prévia pode ajudar significativamente na retenção de talentos de uma empresa.

Em outras palavras, o big data no RH permite ir além do básico, fazendo com que o trabalho seja mais preditivo do que reacionário, garantindo que os gestores conheçam melhor os colaboradores que integram cada equipe e consigam mantê-los na empresa.

O fato é que os profissionais tendem a se aproximar e permanecer nas organizações nas quais recebem as maiores recompensas.

2. Recrutamento de funcionários

Com a análise de big data e um sistema de suporte correto, as empresas podem melhorar as estratégias de recrutamento baseado na descrição do trabalho e mapear conjuntos de habilidades que condizem com os conceitos praticados pela companhia, fazendo com que melhores decisões de contratação sejam tomadas.

Por exemplo, um software de big data pode filtrar currículos com palavras-chave e habilidades necessárias, algo que seria impossível para um ser humano. Com esse trabalho direcionado, as sessões de recrutamento serão muito mais efetivas.

3. Produtividade das equipes

As métricas de desempenho têm sido bastante utilizadas nas grandes empresas aliadas ao big data para RH. Essas estratégias são aplicadas para melhorar as condições do local de trabalho e impulsionar o desempenho das equipes. 

Por exemplo, ao utilizar um software de RH com big data, é possível estudar os movimentos e as interações entre os funcionários e saber quais são as equipes com melhores vínculos e também quais são as mais eficientes.

Esses insights são valiosos para uma empresa e resultam no aumento da produtividade dos funcionários.

4. Treinamentos alinhados

Ser capaz de analisar métricas no espectro de todo o negócio auxilia na gestão e na melhoria dos treinamentos. Toda empresa tem seus próprios valores e diretrizes de trabalho. Apesar de as estratégias de treinamento serem fundamentais para um crescimento geral, elas nem sempre trazem os resultados esperados por falta de sintonia entre funcionários e instituição.

Com o auxílio do big data no RH, o gestor consegue entender melhor o perfil dos colaboradores e aplicar sessões de aperfeiçoamento direcionado, o que é mais eficaz – isso acontece porque se trata de treinamentos alinhados com os conceitos desenvolvidos na organização.

5. Identificação de falhas de processos

Quanto mais rápido uma falha é descoberta, mais fácil é a sua resolução. Em um mundo ideal, esse cenário seria o perfeito para qualquer empresa.

Porém, sabemos que detectar problemas não é tão simples assim. Se a organização não contar com a tecnologia em seus processos, esse trabalho fica ainda mais difícil.

O relacionamento entre funcionários e empresa pode ser bastante delicado, por isso é preciso todo cuidado para que não haja nenhum tipo de ruído.

Com a utilização do big data no RH, o gestor consegue identificar possíveis falhas e trazer soluções definitivas e adequadas para diferentes casos. Além disso, o conhecimento dos dados permite que seja implementada uma estratégia para que as mesmas divergências não aconteçam no futuro.

6. Valorização da história da empresa

Há uma valiosa oportunidade de usar o big data no RH para contar histórias mais ricas e impactantes, o que pode ser um componente essencial para futuros parceiros de negócio, líderes ou funcionários.

O uso de um software de RH para esse fim pode aumentar a transparência e melhorar a cultura e a marca geral da organização.

Enfim, o big data no RH pode oferecer ao departamento a capacidade de tomar decisões baseadas em dados e de forma objetiva para os funcionários e para a própria empresa.

Como explicado, a ferramenta ajuda na pesquisa, no armazenamento e na análise de grandes dados, mas cabe à própria organização interpretar cuidadosamente os resultados usando programas apropriados e parâmetros de projeto.



Fonte: Blog Xerpa


#rh #recursoshumanos #bigdata

VAMOS CONVERSAR

Av. Angélica, 2100, 12º andar, São Paulo, SP 01228-903, Brasil

dbs@dbspartner.com.br   |  Phone: + 5511 3159 0888

© DBS Partner. All rights reserved.