• DBS Partner

LinkedIn: contratações no Brasil retornam aos níveis pré -pandemia

Apesar da boa notícia, o crescimento não deve compensar as demissões realizadas durante os primeiros meses da crise



contratacao recolocacao


Uma pesquisa recente do LinkedIn traz boas notícias: as contratações no Brasil voltaram ao nível pré-pandemia.


Os dados, no entanto, revelam uma realidade mais complexa. O LinkedIn divulgou informações de 15 países (incluindo Brasil, China, França, Suécia, Emirados Árabes Unidos e EUA) e aponta que a melhora nos empregos não foi suficiente para que os países voltassem a um crescimento consistente do mercado de trabalho. Além disso, para a maioria dos países que ainda luta contra a Covid-19, a contratação pode ter atingido o limite.


O levantamento mostra a taxa de contratações por país de fevereiro a outubro de 2020. Os dados sugerem que evitar um lockdown para preservar a economia não melhora o quadro nacional de contratações no longo prazo, como prova a Suécia, ainda atrás de outros países europeus em sua taxa de contratação. Enquanto isso, a França está apresentando uma das recuperações de contratações mais consistentes de todos os 15 países, apesar de ter medidas de contenção em vigor.


As tendências do início do ano também significam que há potencial para outra queda significativa nas contratações nos próximos meses em todo o mundo. Embora o cenário para quem procura emprego seja muito desafiador, a pesquisa mostra que há focos de oportunidades no mercado, com mais de 14 milhões vagas de empregos disponíveis no LinkedIn globalmente.


Cargos e habilidades mais demandadas


No Brasil, três das cinco vagas que seguem crescendo em ritmo constante são ligadas ao mercado de tecnologia, que terá um aumento de quase 150 milhões ofertas de empregos nos próximos 5 anos. Veja quais serão as vagas mais buscadas:

  • Consultor de negócios

  • Engenheiro de software Java

  • Desenvolvedor Frontend

  • Vendedor

  • Desenvolvedor Dotnet

Globalmente, o levantamento também identificou as habilidades cuja demanda está crescendo mais rapidamente desde o início da pandemia:

  • Programação

  • Marketing digital

  • Previsão financeira

  • Análise de dados

  • Metodologia Ágil


Fonte: itforum